O Museu Nacional Lenka Bouckova, em Praga, abriu uma exposição de capas, exibindo uma grande variedade de máscaras, desde caseiras às feitas por grandes designers de moda.

“Se queremos deixar um legado para as gerações futuras, esta coleção de máscaras diz coisas positivas sobre nós”, disse a porta-voz do Museu da República Checa durante o evento de abertura da exposição, no dia 28 de maio.

“Como nação, somos capazes de enfrentar um desafio de uma forma positiva e manter-nos unidos. As máscaras são expressões claras disso”, relatou a agência AP.

Algumas das máscaras encontradas no museu foram feitas por importantes designers de moda, enquanto outras são obras de criadores caseiros imaginativos.

Uma máscara foi feita com um pedaço de pano no qual um rapaz autista de 15 anos pintou um mapa da rede de transportes públicos de Praga. Uma mulher criou outra com uma camisa que o marido usou no casamento. Também na exposição está um modelo com um retalho de velcro estrategicamente colocado para permitir a bebida.

A República Checa registou um total de 9.103 casos confirmados e 317 mortes registadas desde quinta-feira, 28 de maio. Pensa-se que a utilização obrigatória de máscaras e outras medidas de prevenção tenha infeções limitadas no país em comparação com outras partes da Europa.

O governo decretou em meados de março que o uso de máscaras era obrigatório. No meio da escassez inicial, muitas pessoas começaram a criar as suas próprias máscaras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *